• Limpeza na caixa d’água deve ser feita com frequência

    5 julho 2017
    1070 Visualizações
    Limpeza na caixa d’água deve ser feita com frequência

    Você sabia que 80% das doenças têm algum tipo de relação com a água que consumimos todos os dias? E que esses tipos de doença são responsáveis por grande parte das internações em hospitais do Brasil? A partir desses dados, está mais do que evidente de que é necessário fazer a limpeza da sua caixa d’água com frequência. Especialistas consideram que a limpeza deve ser feita pelo menos duas vezes por ano.

    A limpeza, assim como a manutenção da caixa, deve ser frequente por conta da proliferação de bactérias e de insetos. As origens dessa contaminação são diversas. No caminho entre a estação de tratamento e a sua casa, pode haver resíduos perigosos nas tubulações que serão carregados pela água. Uma pequena abertura também pode ser capaz de deflagrar uma onda de larvas de mosquitos, que podem causar doenças sérias, como a dengue. Além disso, um cuidado maior com a tampa e com o material da caixa d’água podem evitar que animais maiores, como gatos e ratos entrem na caixa e bebam da água, contaminando-a com bactérias.

    Com a renovação da água, você também evita doenças como disenteria, gastroenterite, leptospirose e verminoses em geral, entre outras ainda mais sérias. Mas como fazer essa limpeza?

    Dando uma caprichada na sua caixa d’água

    A seguir, vamos mostrar alguns passos básicos para fazer uma assepsia adequada da sua caixa d’água.

    1. Feche o registro da caixa d’água ou o registro geral da casa;
    2. Esvazie a caixa d’água (sem desperdiçar!), deixando um pouco de água dentro;
    3. Utilize um pano, esponja ou escova para limpar a parte interna (não utilize produtos químicos!);
    4. Retire a água suja decorrente dos passos anteriores com um balde e um pano;
    5. Reabra o registro e deixe entrar um pouco mais de água (30 cm de profundidade ou 1 palmo);
    6. Despeje um pouco de água sanitária ou cloro na água para fazer a sanitização. Atenção à medida: 1 litro de água sanitária para cada 1000 litros de água.
    7. Deixe essa mistura de água com cloro (ou algo sanitária) ficar na caixa por 2 horas para concluir a sanitização;
    8. Depois desse período, ligue novamente o registro e abra torneiras, chuveiros e descargas da sua casa para que toda a tubulação seja saneada;
    9. Após o escoamento total dessa água, feche todas as torneiras, chuveiros e descargas para que a caixa d’água encha novamente.  
    10. Pronto! Sua caixa d’água está totalmente higienizada.

    Apesar de muito importante, a tarefa de fazer a assepsia correta da sua caixa d’água não é muito simples. Alguns descuidos pequenos, como utilizar produtos químicos que não sejam os que citamos podem gerar outras contaminações. Além de dar trabalho, pode ser perigoso. Deixe que a Inset System faça isso por você.

    Você precisa limpar a caixa d’água do seu prédio?  Essa matéria do G1 atesta a importância dessa limpeza de 6 em 6 meses. O processo é ainda bem mais complexo e deve ser feito por um profissional. Mais uma razão para você escolher a Inset System. Faça um orçamento conosco.

     

    Leia mais
  • A água que sai da sua torneira é um perigo para sua saúde?

    21 dezembro 2016
    922 Visualizações
    A água que sai da sua torneira é um perigo para sua saúde?

    Você sabe como anda a qualidade da água na sua casa? Pense em quanto tempo faz que você não limpa a sua caixa d’água. Higieniza-la periodicamente é fundamental para a saúde da família, assegurando a prevenção de várias doenças. Afinal, um reservatório sem limpeza é uma ameaça silenciosa dentro de casa. (mais…)

    Leia mais
  • Saiba a importância de manter sua caixa d’gua higienizada

    Manter nossa casa limpa e bem cuidada inclui não só a parte interna da mesma. Para ser um ambiente saudável é necessário se preocupar com todo o conjunto do seu lar, como quintal, áreas de serviço e tudo mais. E entre esses cuidados estão o de manter sua caixa d’agua limpa e higienizada. (mais…)

    Leia mais
  • Primavera. Cuidados a se ter com as pragas urbanas

    Primavera. Cuidados a se ter com as pragas urbanas

    A primavera chega e com ela o calor, e com o calor uma quantidade maior de pragas urbanas, e de certos insetos que são comuns dessa época, um exemplo muito claro de que nessa época devemos aumentar nossos cuidados é o Aedes Aegypt, esse inseto é o transmissor da dengue, da chikungunya e o mais recentemente foi descoberto que ele é o transmissor do zika vírus, que pode até mesmo causar hidrocefalias nos fetos de mulheres grávidas que contraem esse vírus. (mais…)

    Leia mais
  • 5 lições do dia a dia para evitar problemas com sua caixa d’agua

    4 maio 2016
    10328 Visualizações

    Geralmente instaladas em lugares com pouco acesso, as caixas d’águas ficam esquecidas, mas a manutenção correta delas e de seus sistemas internos de abastecimento de uma casa são de suma importância e pode ajudar na economia familiar.

    Com a manutenção correta os vazamentos são evitados, o que reduz os valores das contas d’água. (mais…)

    Leia mais