Como cuidar das plantas e manter longe qualquer foco de dengue

25 maio 2016
2911 Visualizações

Todo verão é a mesma história, os casos de dengue aumentam de forma alarmante. Isso se deve ao fato da grande quantidade de chuvas nessa estação. Isso aliado às altas temperaturas que a estação costuma apresentar transforma-se no período ideal para que o Aedes aegypti se reproduza. Pois é na água limpa e parada que ele encontra o cenário ideal para botar seus ovos. E é exatamente nessa fase que os cuidados com a limpeza de nossos quintais devem ser redobrados.

Os sintomas relatados por quem já teve dengue são intensos, entre eles temos: dores nas articulações, febre alta, coceiras na pele, dor nos olhos, dores de cabeças, distúrbios digestivos e outros.

O tratamento para a dengue serve apenas para acalmar esses sintomas, que podem demorar alguns dias para passar, impossibilitando a pessoa de desenvolver a suas atividades diárias.

E só podemos evitar a dengue com a eliminação do mosquito causador dela, o temido Aedes aegypti, que além da dengue também transmite outras doenças como a chikungunya.

Evitar água parada é sem dúvida o maior cuidado a ser tomado nessa época, mas não é apenas isso.

Para os amantes de plantas e jardins os cuidados devem ser redobrados. Pensando nisso que separamos algumas dicas de como cuidar das plantas e manter longe os focos de dengue.

 

Dicas de como cuidar de seu jardim e evitar focos da dengue

Remova o excesso de água nos pratinhos das plantas

Por mais óbvia que seja essa dica, é sempre bom frisar e dizer o quanto esse cuidado é importante. Os pratinhos das plantas acumulam água limpa, local ideal para o mosquito botar seus ovos, e muitas vezes nem percebemos que eles estão ali. Uma dica muito legal é colocar areia nesses pratinhos, dessa forma a água não fica parada.

Lave as bordas das piscinas e espelhos d’água

Use cloro para limpar as bordas das piscinas. Mantenha caixas d’água tampadas, nos casos de fontes, troque a água semanalmente.

Evite entulhos

Remova de seu quintal tudo aquilo que possa acumular água parada, esvazie garrafas, remova pneus ou vasilhas que possam acumular água.

Borra de café para evitar as larvas

Aplicar borra de café nas plantas é muito eficiente contra a criação de larvas, pesquisas desenvolvidas pelo Departamento de Biologia da UNESP — Universidade Estadual Paulista de São José do Rio Preto — apontam que o pó de café após a passagem pela água quente, contém substâncias que bloqueiam o desenvolvimento das larvas do mosquito e causa a morte delas nessa fase.

miolo-post

Larvicidas

Eles também são muito uteis na luta contra a proliferação do mosquito da dengue, porém, especialistas lembram que é mais útil evitar o acumulo de água nesses recipientes.

Quando regar

O ideal é regar as plantas três vezes por semana ao invés de encharcar de água tudo em um dia só, isso também evita o acumulo de água, uma vez que dá tempo de secar a terra nesses intervalos.

Dobre os cuidados com bromélias e helicônias

Essas espécies muito comuns em jardins possuem folhas dispostas em formato de roseta e isso favorece o acúmulo de água, essa água é absorvida lentamente pela planta, por isso, sempre que for regá-las, derrame água em seu centro.

Arranjos

Para vasos de flores naturais, que são cortadas para enfeitar o ambiente, o indicado é trocar as flores semanalmente e lavar bem os vasos, sem esquecer de esfregar bem as laterais. É aconselhável ainda adicionar uma solução com água e hipoclorito de sódio na água, 40 gotas para 500 ml de água funcionam como larvicida e não prejudica a planta.

Para se manter protegido, conte sempre com a Inset system,. Acesse nosso site e faça já um orçamento grátis.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *